O Mestrado em Composição está organizado em quatro semestres correspondentes a 120 ECTS proporcionando formação especializada nas áreas de Estudos Musicais, uma combinação ponderada e variável destas duas áreas de acordo com os interesses dos estudantes.

A filosofia do curso está baseada nos seguintes pontos básicos:

1. A independência dos mestrandos a criar os seus próprios portefólio de especialização através de uma grande oferta de unidades curriculares que fazem parte das disciplinas de apoio ao protejo;

2. A cultura de um pensamento aprofundado em assuntos estéticos e técnicos envolvendo uma refexão mais ampla do fenómeno da música;

3. A modularidade e abertura dos temas dos vários seminários permitindo a lecionação de várias áreas temáticas a um grande número de docentes especializados;

4. A colaboração constante com docentes de mérito, convidados para assegurar o contacto permanente com uma massa crítica variada e de qualidade. Esta estrutura do mestrado permite a incorporação de alunos que não vêm diretamente de um ensino mais “clássico” de composição, mas cria a possibilidade a músicos de outras áreas como Jazz ou música Pop de especializar e aprofundar temáticas criativas na área dos seus interesses.

A combinação de lecionação em conjunto com outras áreas criativas da ESMAE permite a possibilidade de aproveitamento e cruzamento de experiências e o enriquecimento das práticas individuais/coletivas dos alunos e assegura a divulgação do trabalho composicional dos mestrandos através de apresentações realizadas por grupos da ESMAE (Orquestra Sinfónica da ESMAE, Ensemble da Música Contemporânea da ESMAE, concertos de Oficina, Ensemble da Área de Composição) ou através de parcerias da ESMAE com variadas entidades culturais da cidade.

Compositores com elevadas capacidades em vários ramos da criação musical, como composição musical de concerto, composição musical para teatro e cinema, e multimédia. O mestrado forma músicos com uma elevada capacidade de reflexão, capazes de desenvolver projectos multi e interdisciplinares inovadores, integrando de forma repetida elementos estéticos, técnicos, éticos, numa atitude estética coerente e um espírito independente, seja em trabalho autónomo ou em trabalho de equipa.

Ana Isabel Freijo
Carlos Azevedo
Daniel Moreira
Dimitris Andrikopoulos

Eugénio Amorim
Rui Penha